Monografias

Resumo ABNT

1 ESTRUTURA DA MONOGRAFIA

1.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

•Capa
•Folha de rosto
•Termo de aprovação**
•Dedicatória*
•Agradecimentos*
•Epígrafe*
•Sumário
•Lista de Ilustrações***
•Lista de Tabelas***
•Lista de Siglas***
•Resumo
(Verifique os modelos dos elementos pré-textuais)

1.2 ELEMENTOS TEXTUAIS
•Introdução
•Desenvolvimento
•Conclusão

1.3 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS
•Glossário*
•Referências Bibliográficas
•Apêndices*
•Anexos*

A monografia deve ter um mínimo de 40 (o intervalo considerado é da primeira página da introdução à ultima página da conclusão) e máximo 60 páginas.

*Elementos que não são obrigatórios
**Elemento necessário quando o aluno defende a monografia em banca
***Elementos obrigatórios quando ultrapassar 15 itens (ilustrações, tabelas ou siglas)

2 FORMATAÇÃO

2.1 FORMATO DO PAPEL

A4 (210 x 297 mm).

Impresso apenas no anverso da folha.

2.2 MARGENS

superior de 3 cm;

inferior de 2,7 cm;

esquerdo de 3 cm;

direita de 2 cm;

Os parágrafos devem obedecer o espaçamento 1,5 entre as linhas e as citações,  notas e referências bibliográficas finais o espaçamento simples.

O recuo do parágrafo é de 1,5cm.

3 LETRA

A letra adotada deve ser a Times New Roman 13 ou a Arial 12 para a digitação de títulos e parágrafos (letra normal).

Citações longas, notas de rodapé, tabelas devem ser digitadas em letras Times New Roman 11 ou a Arial 10 (letra menor).

4 CITAÇÃO

A citação é utilizada para esclarecer, sustentar ou ilustrar o assunto estudado e podem ser podem ser diretas ou indiretas.

A honestidade acadêmica exige que as idéias sejam devidamente referenciadas aos seus autores. A cópia sem o registro adequado constitui o plágio que é uma falha formal grave e causa a reprovação do aluno.

É essencial que o aluno desenvolva autonomia intelectual e um texto próprio na monografia, por isso é importante evitar as transcrições excessivas.

4.1 CITAÇÃO INDIRETA

As citações indiretas (paráfrases e condensações) são registradas em letra e espaçamentos normais e não dispensam a nota de rodapé (inclusive com a indicação das páginas que permitirão a localização das informações).

4.2 CITAÇÃO DIRETA

As citações diretas devem seguir o seguinte padrão de registro:

-transcrição com até cinco linhas deve constar do corpo do texto, com letra e espaçamento normais, e estar entre aspas;

-transcrição que ultrapassar cinco linhas deve iniciar no recuo do parágrafo, sem deslocamento da primeira linha, e terminar na margem direita. O entrelinhamento é simples, a letra deve ser menor que a do corpo do texto (arial 10 ou times new roman 11) e uma linha em branco é deixada entre a citação e os parágrafos anteriores e posteriores.

É vedado ao aluno o registro das referências no sistema autor-data.

5 REGISTRO DE NOTA DE RODAPÉ

No rodapé a primeira nota do autor deve ser registrada de forma completa (com o registro de todos os elementos de referência).
As demais notas do autor devem ser registradas de forma abreviada. As notas do autor podem estar intercaladas entre notas de outros autores ou podem seguir uma seqüência de citações do mesmo autor e obra na monografia.
As referências devem seguir o seguinte padrão de registro:

1.5 PARA NOTAS INTERCALADAS:
SOBRENOME, Nome. Op. cit., p.x.
(Quando o autor tem apenas uma obra citada na monografia)

SOBRENOME, Nome. Primeira palavra do título*..., p. x.
(Quando o autor tem mais de uma obra citada na monografia)
*A primeira palavra do título deve ser destacada (o destaque deve ser o mesmo que o aluno escolheu para registrar os títulos das obras em seu trabalho)

O aluno pode registrar também apenas o sobrenome do autor na citação abreviada desde que a uniformidade seja respeitada no registro das notas no rodapé.

5.2 PARA NOTAS EM SEQÜÊNCIA:
Idem: o mesmo autor, obra e página da nota anterior. (Idem)

Ibidem: mesmo autor e obra, mas a página citada é diferente da nota anterior. (Ibidem, p. x.)

As expressões Idem e Ibidem podem ser registradas em sua versão abreviada (id. ou Ibid.,) mas o aluno deve manter a uniformidade no registro quando escolher uma das formas.
(verificar o exemplo de projeto de pesquisa apresentando notas de rodapé)

6 UTILIZAÇÃO DE NEGRITO, ITÁLICO E ASPAS

6.1 NEGRITO
É utilizado para destacar idéias do autor da monografia ou dos autores que embasam a construção da monografia. Quando o destaque é feito em uma transcrição deve ser informado.

6.2 ITÁLICO
O itálico é utilizado no registro de palavras e expressões em outro idioma (inclusive o latim) e para o registro de títulos no corpo da monografia.
O itálico não é utilizado para registrar a transcrição.

6.3 ASPAS
As aspas são utilizadas para o registro das citações curtas (transcrição inferior a cinco linhas), conceitos e para registrar ironia (o que não é muito aconselhável no texto acadêmico).

7 RESUMO DAS NORMAS PARA O REGISTRO DE REFERÊNCIAS

7.1 LIVRO:
SOBRENOME, Nome. Título. edição* . Local: Editora, ano.
* A primeira edição das obras não é registrada.
Ex.:
BACELLAR FILHO, Romeu Felipe. Direito administrativo. 2. ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2005.

O destaque do título pode ser feito em sublinhado, negrito ou itálico (mas a uniformidade deve ser mantida no registro das referências na monografia).
O aluno pode registrar o nome do autor por extenso ou apenas as iniciais do nome desde que padronize o registro na monografia.

A imprenta (local, editora e ano) deve ser registrada obrigatoriamente.
O registro da ausência dos elementos deve ser feito da seguinte maneira:

  • Para ausência do local: [S.l.]        
  • Para ausência de editora: [s.n.]
  • Para ausência do local e editora: [S.l.:s.n.]
  • Para ausência da data: [2005?]**

Ex.: SADER, Emir. Cuba: um socialismo em construção. [S.l.: s.n.], [2000?].

**O aluno deve registrar uma data aproximada (a leitura da obra permite a localização, mesmo que inexata, do momento da produção do texto).

7.2 CAPÍTULO DE LIVRO (ESCRITO PELO MESMO AUTOR)
SOBRENOME, Nome. Título do capítulo. In: _____. Título do livro. * Local: Editora, ano. página inicial-final do capítulo.
Ex.:
BACELLAR FILHO, Romeu Felipe. O Direito administrativo e a administração pública. In: _____. Direito administrativo. 2. ed. rev. e atual. São Paulo: Saraiva, 2005. p. 16-36.

*A edição deve ser registrada (com exceção da primeira)

7.3 ARTIGO DE LIVRO (COLETÂNEA DE VÁRIOS AUTORES)
SOBRENOME, Nome. Título do artigo. In: SOBRENOME, Nome (função editorial). Título do livro. * . Local: Editora, ano. página inicial-final do capítulo
Ex.:
GABARDO, Emerson. A Responsabilidade objetiva do Estado em face aos princípios da eficiência e da boa-fé. In: FERRAZ, Luciano; MOTTA, Fabrício (Coords.). Direito público moderno: homenagem especial ao professor Paulo Neves de Carvalho. Belo Horizonte: Del Rey, 2003. p. 259-298.
*A edição deve ser registrada (com exceção da primeira)

7.4 ARTIGO DE REVISTA CIENTÍFICA

SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Título do periódico, local de publicação, número do volume, número do fascículo, pagina inicial-final do artigo, data.
Ex.:
GOMES, Eduardo Biacchi. A Defesa dos interesses do Brasil na Alça: aspectos positivos e negativos da integração hemisférica. Cadernos da Escola de Direito e Relações Internacionais da UniBrasil, Curitiba, v. 3, n. 3, p. 19- 28, jul./dez. 2003.

7.5 ARTIGO DE JORNAL

SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Título do jornal. Local de publicação, data (dia, mês, ano). número ou título do caderno, seção, suplemento, etc., página(s) do artigo referenciado, número de ordem da(s) coluna(s).

Ex.:
PRONER, Carol. A Formação do Império Americano. O Estado do Paraná, Curitiba, 06 ago. 2006. Direito e Justiça, p.16.

7.6 REGISTRO DE DOCUMENTO DA INTERNET
SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Disponível em: Acesso em: data (dia, mês, ano).

Ex.:
SCHIER, Paulo Ricardo. A Comissão parlamentar de inquérito e o âmbito de limitação competencial de sua atuação. Disponível em: Acesso em: 12 ago. 2006.

7.7 TESE, DISSERTAÇÃO E MONOGRAFIA
SOBRENOME, Nome. Título. Local, ano. Número de folhas. Tese, dissertação e monografia (Grau e área) – Unidade de ensino, Insitutição.
Ex.:
LOPES, Andréa Roloff. Alexandre Rodrigues Ferrreira e a viagem filosófica: economia e ciência na Amazônia colonial. Curitiba, 1998. 123 f. Dissertação (Mestrado em História) – Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Paraná.

7.8 VERBETE DE DICIONÁRIO E ENCICLOPÉDIA
VERBETE. In: SOBRENOME, Nome (função editorial). Título do livro. * . Local: Editora, ano. página inicial-final do capítulo
Ex.:
MONOGRAFIA. In: FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário Aurélio da língua portuguesa. 2. ed. 2. tir. Curitiba: Positivo, 2004. p. 1354
*A edição deve ser registrada (com exceção da primeira)

7.9 OBRAS INÉDITAS*

SOBRENOME, Nome. Título. Nota indicativa do documento (palestra, notas de aulas e outros).

Ex.:
GUIMARÃES, Samuel Pinheiro. A Alca e o futuro do Brasil. Palestra proferida na UniBrasil, Curitiba, 28 ago. 2003.

DOTTA, Alexandre Godoy. Gestão e avaliação no ensino superior. No prelo.

*Este tipo de documento deve ser evitado pois a sua localização é muito difícil. Se o autor publicar um texto que contenha as mesmas informações o aluno deve preferencialmente fazer o registro da publicação.

« voltar